SEMANA ANTI-FARROUPILHA
26 de Setembro de 2004 

Todo ano se repete. Entidades que se apresentam como defensoras da cultura gaúcha e dos feitos do 20 de Setembro perpetram um espetáculo vergonhoso de afronta e desrespeito para com os ideias Farroupilhas. São, na verdade, entidades neo-tradicionalistas e operam dentro do mais autêntico espírito brazílico, ou seja, de total inversão de valores morais e tradicionais; chamam de homenagem para o que é, na verdade, uma afronta e desrespeito.

Em Caçapava do Sul, a segunda capital da República Rio-Grandense, CnTGs (Centros de neo-Tradições Gaúchas) locais lideraram uma passeata onde a bandeira dos inimigos dos Farrapos foi levada em posição de destaque.


 Em Caçapava a bandeira do inimigo brazileiro foi levada em posição de honra
(Foto: Jornal de Caçapava, 23/09/2004)

 

Em Passo Fundo não foi diferente, o grupo Tebanos do Igaí venceu a 12ª Mostra da Cultura Gaúcha, contando a história do Movimento Tradicionalista Gaúcho. Em posição de destaque, ela, a bandeira dos maiores inimigos dos Gaúchos em todos os tempos: a bandeira brazílica.


Passo Fundo: homenagem a quem,
Farroupilhas ou brasileiros?

(Foto: Correio do Povo)
 

Em Bagé, no Cenitério da Santa Casa de Caridade, os neo-tradicionalistas foram "homenagear" Antônio de Souza Netto em seu mausoléu. Netto proclamou a República Rio-Grandense em 11 de Setembro de 1836; para a "homemagem" os neo-tradicionalistas compareceram com a bandeira brasileira, num verdadeiro gesto de desrespeito e desprezo pelos ideais que milhares de gaúchos deram suas vidas para defender.


Em Bagé, neo-tradicionalistas "homenageiam" Netto portando a bandeira brasileira
(Foto: Correio do Povo)

 

Em Santa Maria o supermercado Nacional montou um galpão crioulo. Em destaque, a bandeira brasileira. Certamente trata-se de um supermercado Nacional-brasileiro, e não Nacional-gaúcho. É o tipo de estabelecimento que merece o repúdio da comunidade e consumidores gaúchos. Quem é gaúcho de verdade não compra em supermercado Nacional-brasileiro anti-gaúcho.


Supermercado Nacional coloca bandeira brasileira em galpão crioulo (Foto: Correio do Povo)
 

Até quando continuaremos a ver este espetáculo de vergonha e desrespeito perpetrado e liderado pelo Movimento neo-Tradicionalista Gaúcho (MnTG)?
Envie seu protesto para o MTG:
mtg.rs@mtg.org.br

RS